sábado, 5 de setembro de 2020

Molho de tomate na panela de pressão

 


Molho de tomate na panela de pressão


 O molho de tomate na panela de pressão tem a doçura e a boa consistência que só seriam obtidos por um cozimento longo, mas um molho elaborado  por um cozimento longo pode levar 6 horas de preparo, dependendo da quantidade e do forno.


Receita de molho de tomate na panela de pressão

2 latas de tomate inteiro tipo italiano (San Marzano, se possível);

2 colheres de sopa de azeite extra-virgem;

4 dentes de alho picados;

1 cenoura pequena inteira;

1 cebola pequena inteira;

1 ramo de manjericão fresco;

Pimenta do reino (opcional);

Sal a gosto.


Modo de preparo

Coloque o azeite e o alho picado na panela de pressão preaquecida e refogue até que o alho esteja dourado claro. Este procedimento preserva o sabor e o aroma do azeite de oliva.

Em seguida, adicione a cebola inteira, a cenoura inteira, o manjericão e os tomates com o suco. Amasse os tomates com um garfo, feche a panela de pressão e deixe cozinhar por 45 minutos.

Após o cozimento, abra a panela de pressão e retire o manjericão, a cenoura e a cebola e adicione pimenta do reino e sal a gosto.

Você pode reservar um pouquinho (1 colher de sopa) de tomate para adicionar no final. Este método adiciona um pouco de frescor no molho.

Por que funciona?

A panela de pressão permite que os líquidos fiquem quentes o suficiente para ocorrer a reação de Maillard. Esta reação é a responsável pelo aspecto dourado dos alimentos assados.

A cebola inteira e a cenoura reduzem a acidez do molho de tomate, adicionando uma doçura natural, sem sabores extras.

Utilização do tomate italiano, se possível San Marzano. Estes tomates possuem mais polpa e menos líquido, pois na panela de pressão não há redução de líquido.


Créditos:https://cozinhatecnica.com/2016/11/molho-de-tomate-na-panela-de-pressao/

Nenhum comentário:
Faça também comentários