terça-feira, 25 de agosto de 2020

Steak au Poivre

 



Steak au Poivre



Já fazia algum tempo que estava com vontade de comer um Steak au Poivre!

Mas para isso precisava dessa pimenta aqui: verde e em conserva.

Comprei esse produto aqui embaixo para fazer o caldo: na verdade o

Rôti de Carne ainda não havia experimentado, apenas o Demi-glace,

dessa marca, pois de outra eu não gosto!

Aprovado e recomendado!


Vamos conferir como eu fiz?


Os tornedos apenas os grelhei em manteiga e azeite (este 

para que a manteiga não queimasse...)

Depois disso retirei-os e reservei.

Detalhe que não usei sal, visto que iria acertar isso no molho.

Deglacei as frigideiras com conhaque (grelhei 3 em uma

e 2 em outra, pois fiz também outro molho para os que não gostavam

de pimenta), flambando para que o álcool evaporasse.

Juntei as pimentas em conserva, o caldo bem reduzido e

finalmente creme de leite fresco - não precisei adicionar mais sal,

visto que o caldo já é salgado, pois é um molho industrializado.


Servi com um Pappardelle feito por mim.


O outro molho que servi foi o de mostarda Dijon.

Apenas coloquei uma colher de sopa da mesma após flambar,

sem as  pimentas é claro!


No facebook tem a página Ogrostronomia : foi lá que peguei a receita 

do Steak au Poivre.

Não que eu não soubesse fazer, mas ainda bem que eu conferi, 

pois realmente me esqueci do conhaque:

graças à eles, lembrei, rsrs...

Lá eles usavam pimenta-do-reino preta em grãos,

mas eu queria essa pimenta verde em conserva, pois era assim

que servia em um restaurante que trabalhei na Ilha Grande - RJ,

o antigo Banana Blue.


Meninos: muito bom isso tudo, hein!!!

E aí? Vocês curtiram?


Créditos:http://cozinhasanta.blogspot.com/2013/02/steak-au-poivre.html

Nenhum comentário:
Faça também comentários